Pesquisar

Família de assaltante baleado afirma que vai processar vítima que reagiu ao assalto

O promotor de justiça de  Campo Maior, Maurício Gomes, estava entrando em uma festa acompanhado da sua filha e de sua mãe quando foi surpreendido por dois meliantes que tentaram lhe assaltar. Na tentativa de proteger sua família o promotor disparou contra os meliantes, acertou um nas costas e o outro conseguiu fuigir.

Após o fato o homem baleado foi levado ao hospital de Teresina, onde passou por cirurgia e logo após foi enviado para a carceragem da PC, mas devido aos ferimentos ele perdeu os movimentos dos membros inferiores.Até ai nada esta fora do normal.Porém, a família do homem baleado ao tentar praticar assalto comunicou que entrará com um processo contra o Promotor, que de acordo com eles: “não agiu em legítima defesa”!

Agora só falta a promotoria acatar o processo… É muita cara de pau!!!


8 comentários:

Marcos Cardoso

Tem que processar mesmo, onde já se viu atirar nas costas, a meta é a cabeça, de preferencia no olho pra não perder o couro

VicArrox

Tem que prender as família, por ter gerado essa ameça a segurança do promotor!!!!

Ed Santos

Fala serio,,,,,,,,,,,,,,

Denisson Domingos

É, realmente o procedimento do promotor não foi correto, ele cometeu falta gravíssima ao não finalizar o ato de legitima defesa, que seria a extinção desse verme da face da terra!

Angélica Cardoso

Esse Brasil tá cada vez melhor.... Tem que deixar a criatura assaltar você e não reagir. Porque pode ser processado..... Só deve ser piada..... Sr. Promotor por quê não matou logo? Bandido bom é bandido morto! E o sr tá de parabéns. As pessoas de bem do Brasil estão do seu lado.

Vera Lúcia Taranto

Pena que o assaltante não morreu.

Vera Lúcia Taranto

Pena que o assaltante não morreu.

Antonio Dalmo Dalmo

A que ponto chegamos, nem um promotor de justiça, que na defesa de sua família, só deu um susto no bandido, tenha que ser processado. Pena que por não ser bom no dedo, pode ser condenado.

Postar um comentário